Pandemia derruba procura por testes de HIV, ofertados em maior número aos municípios

Escrito por em 25/04/2022

O Paraná segue uma tendência que ocorre não só no país, como também no mundo: a queda na procura por testes de HIV. Com a pandemia da Covid-19, houve uma redução na busca por esse serviço, assim como tantos outros da área. E essa queda impactou diretamente nos dados de novos casos nos dois últimos anos, que estão subnotificados.

A taxa de detecção de HIV por 100 mil habitantes no Paraná foi de 22,4 em 2019, 15,6 em 2020 e 18,1 no ano passado. Para a Aids, a taxa em 2019 foi de 9,7; em 2020 de 7,2; e 8,0 em 2021.

Mesmo nesse cenário, há uma notícia positiva. A distribuição de testes rápidos para diagnóstico do HIV em 2021 (62,6 mil) mais do que dobrou em relação a 2020 (25,8 mil) e 2019 (27,9 mil) no Paraná.

Fonte: Diário do Sudoeste com informações da AEN-PR

Marcado como

[There are no radio stations in the database]