Projeto do colégio Castelo Branco ajuda estudantes a escolher profissão

Escrito por em 02/03/2022

Algumas pessoas, desde pequenas, sonham com a profissão que querem seguir quando crescerem. Outras, descobrem na adolescência; e também há quem tem dificuldades para essa importante escolha.

Buscando auxiliar os estudantes que frequentam a sua estrutura, o Colégio Estadual do Campo Castelo Branco, do distrito de Vista Alegre, em Coronel Vivida, está desenvolvendo o Projeto Profissões.

Por meio dele, os jovens têm a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as profissões (sobretudo aquelas que são relacionadas ao campo e estão mais próximas de sua realidade).

A iniciativa é coordenada por Natalina Bernardete dos Santos Oliveira Severgnini (professora de História e Sociologia), com auxílio de Edineia Tochetto Capelin (docente de Educação Financeira).

Como as demais ações e projetos desenvolvidos no local, conta também com o apoio de toda a comunidade escolar (gestão, professores, equipe pedagógica, zeladoras, merendeira e pais).

Divulgação/Colégio Castelo Branco

Objetivo

Natalina conta que, em suas aulas, procura sempre ouvir a opinião dos alunos sobre o que foi bom e o que não foi bom. Com isso, há algum tempo, surgiu a ideia do projeto, convidando ex-alunos do Colégio Castelo Branco para dar os seus exemplos de vida, estudo e profissão.

“O objetivo é ajudar a despertar o que de fato eles querem seguir, pois muitas vezes ficam na dúvida; e outros se sentem desestimulados”, explica a docente, completando que o projeto já havia sido desenvolvido durante um ano, mas precisou ser adiado por um período.

Contudo, na última semana, a iniciativa voltou a ser colocada em prática. Ela consiste em um bate-papo entre os alunos e convidados, de forma interdisciplinar em História, Sociologia e Educação Financeira.

A princípio, o objetivo é trabalhar, com as turmas do Ensino Médio, do 1º ao 3º anos, conteúdos práticos e teóricos, com aulas presenciais ou via vídeo — dependendo a disponibilidade dos convidados.

Primeira convidada

A primeira ex-aluna a contar a sua experiência profissional e tirar todas as dúvidas dos estudantes do Castelo Branco foi Amanda Xavier de Oliveira.

“Ela, que hoje é contadora, ensinou aos alunos como montar uma empresa. Porque a escola já está dando os primeiros passos para montar uma empresa fictícia”, revela Natalina.

A segunda convidada, atualmente, é médica veterinária. “Ela vai focar em como trabalhar com o gado leiteiro ou quais os cuidados necessários para produzir melhor. Assim, os alunos irão para casa levando outras alternativas para os pais”.

Em um terceiro momento, o projeto contará com as participações de dois agrônomos. “Um deles falará como preparar a semente e trabalhar a terra; e, depois, a sugestão é irmos à roça, levar os adolescentes para ver como é esse trabalho”, resume a professora.

A outra agrônoma irá tratar como os pais podem recorrer em situações de estiagem, como aconteceu recentemente, e também cuidados com a horta.

“Assim, inicialmente o projeto será voltado para o campo, a agricultura e a pecuária. Mas, durante o ano, o objetivo é trazer outros profissionais de várias áreas para contar como é a sua realidade no dia a dia. Acreditamos que vai ajudar muito na escolha na profissão dos alunos”.

Fonte: Portal Vividense


[There are no radio stations in the database]