Novo lote, com mais de 200 mil vacinas, chega ao PR nesta quinta

Escrito por em 22/04/2021

O Paraná vai receber nesta quinta-feira (22) mais 205.200 doses de vacinas contra a Covid-19. São 166.000 da AstraZeneca/Fiocruz e 39.200 da CoronaVac/Butantan. A chegada no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, está prevista para as 23h30.

Na sequência, os imunizantes serão encaminhados de caminhão para o Centro de Medicamente do Paraná (Cemepar), na capital, para verificação e divisão. As vacinas começam a ser encaminhadas às 22 Regionais de Saúde nesta sexta-feira (23).

Essa é a 14ª remessa enviada ao Paraná pelo Ministério da Saúde. Pela estratificação do novo lote, o estado dará prosseguimento na vacinação dos grupos prioritários elencados no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19. São 149.459 primeiras doses (72% do total) e 35.149 segundas doses, além da reserva técnica indicada pelo ministério.

Um novo carregamento de vacinas contra a Covid-19 chega no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), em Curitiba / Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Com o novo lote, o estado ultrapassará a marca de 3 milhões de doses recebidas desde o começo do ano. Nesta quarta-feira (21), o Paraná ultrapassou a marca de 2 milhões de doses.

As doses da AstraZeneca estão indicadas para aplicação em idosos de 60 a 64 anos, correspondentes a 26% do público estimado. São 149.397 vacinas. É parte de um lote de 2,8 milhões de imunizantes Covishield, que será distribuído pelo Ministério da Saúde.

As do Butantan estão divididas em 62 primeiras doses para forças de segurança pública e salvamento (incluindo as Forças Armadas), 4.554 segundas doses para trabalhadores da segurança pública/salvamento/Forças Armadas e 30.595 segundas doses para idosos de 65 a 69 anos, referentes aos reforços das remessas 11 e 12. É parte de um lote de 700 mil doses a ser distribuído para todo o país.

Segundo o Vacinômetro, da secretaria estadual da Saúde, 1.503.580 pessoas já receberam as primeiras doses e 604.420 as segundas doses no Paraná, o que representa 100% e 58,1% de eficácia na aplicação pelos municípios, respectivamente.

Fonte: Assessoria de Comunicação


[There are no radio stations in the database]