Mulher de 90 anos é a primeira pessoa do Reino Unido a receber vacina contra covid-19

Escrito por em 08/12/2020

Uma mulher de 90 anos se tornou nesta terça-feira a primeira pessoa do Reino Unido a receber de maneira oficial, e não em fase de testes, a vacina contra a covid-19 fabricada pelo laboratório farmacêutico Pfizer e a empresa de biotecnologia BioNTech, em um marco do programa de vacinação que começou nesta terça-feira no país.

Margaret Keenan, que foi vacinada no Hospital Universitário de Coventry, afirmou à BBC que se sentia “privilegiada” por ser a primeira vacinada fora dos programas de ensaios clínicos. A imunização dela se tornou parte de uma manobra preparada minuciosamente pelo Governo de Boris Johnson para convencer os britânicos mais céticos sobre a necessidade de se imunizar quando chegar a sua vez. Keenan, que vestia uma camiseta com os dizeres “Feliz Natal”, declarou: “Se posso injetar isso aos 90 anos, qualquer um pode”.

Margaret Keenan de 90 anos de idade, é a primeira paciente no Reino Unido a receber a vacina da Pfizer no programa de imunização do país. POOL / REUTERS

Os tabloides conservadores do Reino Unido contribuíram para o entusiasmo ao batizar esta terça-feira como “Dia-V” (V de vacina, mas também o histórico V de vitória). O segundo paciente a receber a vacina foi, curiosamente, William Shakespeare, um homem de 81 anos da localidade de Warwichshire.

Os maiores de 80 anos e os profissionais da saúde e de cuidados a pessoas vulneráveis serão as primeiras pessoas a receberem a inoculação dentro da campanha de vacinação britânica. Problemas logísticos, como evitar roubos e manter congeladores a -70° C, impediram que o tratamento começasse nos asilos de idosos. Durante os primeiros dias, 50 hospitais distribuídos por todo o país (sete deles em Londres) começarão a administrar as injeções.

Fonte: El País


[There are no radio stations in the database]